Não Descarte, Encaminhe o Resíduo Sólido

Escrevo  este artigo em cima do amigo e Lutador Rodrigo Sabatini com o Vídeo Não Descarte, Encaminhe.

Primeiro ponto, devemos eliminar a palavra DESCARTE do nosso dia a dia e se possível, do dicionário,  passando a usar e memorizar a palavra ENCAMINHAR nossos resíduos gerados.

Pode parecer um Plágio, mais outros amigos, inclusive eu, fazemos treinamentos, palestras, eventos, oficinas, e todos, sem sombra de duvidas, fazemos a abordagem inicial do cenário com a famosa Ilha do pacifico e a região antropocenica em Dubai.

Para você leitor que nunca ouviu falar da ilha do pacifico, leia e pesquise sobre, é um ponto turístico fantástico olhando de cima, uma ilha paradisíaca.  O problema é quando a imagem é presencial, estamos lidando com quilômetros e quilômetros de lixo afetando toda a cadeia marítima presente na região, esta é a destinação do nosso lixo, neste caso, sim, podemos usar a palavra destinação, descarte, pois estamos nos livrando do nosso lixo.

Mais uma vez, fica provado que o problema não é o lixo, o problema é você, sou eu, enfim, somos nós sociedade, que com um exemplo perfeito no vídeo do Sabatini, criamos o lixo, ou seja, nos geramos resíduos sólidos e temos o privilegio burro de criar o lixo.

Novamente caímos numa complexidade de cenário em se tratando de conscientização permanente e educação ambiental para lidar com esta problemática. Porem temos o poder da criação de redes, como a própria PNRS que trata sobre a criação de redes de colaboração.

Por que esta rede já não se inicia com divulgação do processo correto de ENCAMINHAMENTO?

Vamos lançar a campanha, encaminhe seu lixo a destinação correta, e não com o termo, descarte de forma correto, como é proposto na própria politica nacional de resíduos sólidos.

São atitudes simples que fazem grande diferença

Em se tratando de conscientização permanente, a palavra descarte é associada a termos e sinônimos de fim, a palavra encaminhamento, expõe a clareza que ainda se tem um complexo canal logístico de fluxo reverso para a destinação final adequada, reprocesso, reciclagem, reuso, subprodutos retornando ao ciclo produtivo.

Tenhamos o prazer de assistir este vídeo e ter a certeza que nos somos o problema e não o lixo ou propriamente o consumismo que vivenciamos.

Segue link para o vídeo.

http://www.tedxfloripa.com.br/talk/rodrigo-sabatini/

Por: Renato Binoto

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s